'Toast': a vida do chef de cozinha Nigel Slater do livro para o cinema

Autores

  • Isis Fonseca Sá UFRJ/Mestrado

DOI:

https://doi.org/10.35921/jangada.v0i11.136

Palavras-chave:

Gastronomia, cinema, Nigel Slater, literatura, memória alimentar, toast

Resumo

Este artigo faz uma reflexão sobre a relação literatura-cinema utilizada para contar a história da vida do chef inglês Nigel Slater e como essas duas linguagens que tanto conversam entre si foram utilizadas para tal. O livro que deu origem ao filme foi lançado em 2003 e chama-se Toast - The Story of a Boy’s Hunger. Trata-se uma autobiografia, que acompanha o período da infância até a adolescência através de pequenas cenas. O autor,  cuja paixão pela gastronomia começou ainda na infância, se utiliza de suas memórias alimentares e afetivas como fio condutor da história. A adaptação para o cinema foi lançada sete anos depois pela BBC films, com o mesmo nome do livro. Um bom elenco conta esse livro respeitando uma ordem cronológica e destacando os acontecimentos mais marcantes na vida do prestigiado chef.

Referências

AUGUSTO, Willian L. Crítica: Toast. Disponível em: <http://criticofilia.blogspot.com.br/2013/03/critica-toast.html>. Acesso em 09 mai. 2018.
AZAMBUJA, Luciano de. História, Gastronomia e Cinema: fontes filmes para o ensino e aprendizagem histórica.In: XXIX Simpósio Nacional de História, 2017. Anais do XXIX Simpósio Nacional de História - contra os preconceitos: história e democracia. Brasília: UNB, p. 1-18.
DA MATTA, Roberto. O que faz o brasil, Brasil? Rio de Janeiro: Rocco, 1986.
GORDON, Sally. Glenfiddich Food and drink awards. Disponível em : <http://glenfiddich.staging.tagmedia.co.uk/news-events/food-and-drink-awards/index.htmll>. Acesso em: 10 mai. 2018.
GUALDA, Linda C., Literatura e Cinema: elo e confronto .Matrizes. 3 (2): 201-220, 2010 (jan-jul). Disponível em:<http://www.redalyc.org/articulo.oa?id=143016767013>. Acesso em: 13 mai. 2018.
MACIEL, Betania, SABBATINI, Marcelo . Do chef-celebridade ao #instafood: em busca de bases teórico-metodológicas para a pesquisa em Folkgastronomia.In: XXXVIII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, 2015. Anais 2015. Rio de Janeiro: UFRJ, p. 1-15.
SEORSI, Rosalia de A.. Cinema na Literatura. Pro-Posições, [S.l.], v. 16, n. 2, p. 37-54, mar. 2016. Disponível em: <https://periodicos.sbu.unicamp.br/ojs/index.php/proposic/article/view/8643736/11253>. Acesso em: 11 mai. 2018.
SILVA, Thais G. da. Reflexões sobre adaptação cinematográfica de uma obra literária. Anuário de Literatura, Florianópolis, v. 17, n. 2, p. 181-201, nov. 2012. Disponível em: <https://periodicos.ufsc.br/index.php/literatura/article/view/2175-7917.2012v17n2p181>. Acesso em: 11 mai. 2018.
SLATER, Nigel. Toast: The Story of a Boy's Hunger. Londres: Fourth Estate, 2013.
WAXMAN, Barbara F. Food Memoirs: What They Are, Why They Are Popular, and Why They Belong in the Literature Classroom College English Vol. 70, No. 4, Special Focus: Food , p. 363-383, mar. 2008.
WOORTMANN, Ellen F. A Comida como Linguagem. Habitus, Goiânia, v. 11, n. 1, p. 5-17, nov. 2013. Disponível em: <http://seer.pucgoias.edu.br/index.php/habitus/article/view/2844/1737>. Acesso em: 13 mai. 2018.
WOORTMANN, Ellen F., CAVIGNAC, Julie A.(org). Ensaios sobre a Antropologia da alimentação: saberes, dinâmicas e patrimônios. Natal: EDUFRN, 2016.
YASOSHIMA, José Roberto. Gastronomia na Tela: As Representações da Comida no Cinema. Revista Rosa dos Ventos, nº 4(III) 300-316, jul-set, 2012

Downloads

Publicado

2018-11-13

Como Citar

Sá, I. F. (2018). ’Toast’: a vida do chef de cozinha Nigel Slater do livro para o cinema. Jangada: Crítica | Literatura | Artes, (11), 22–32. https://doi.org/10.35921/jangada.v0i11.136